Apostas Online

O mercado de apostas em desportos, corridas de cavalos e jogos de azar como o poker ou Casinos, data de muitos anos onde o apostador fazia daquele lugar a sua segunda casa, tendo que se deslocar para os locais de realização dos eventos, assim como acompanhar os jornais e as notícias para saber dos resultados e das novidades no mundo dos desportos.

A internet trouxe uma enorme facilidade aos aficionados apostadores, tornando este processo muito mais fácil, rápido e prazeroso para o apostador. Agora a variedade de desportos, ligas e campeonatos, assim como a possibilidade de apostar por exemplo, na probabilidade de gols ou no resultado parcial do jogo abre todo um novo mundo aos apostadores tradicionais. Ainda é possível acompanhar um devido evento, apostar e ainda retirar suas apostas ao longo do jogo, caso tenha um palpite de resultado favorável ou desfavorável.

As antigas casas de aposta deram lugar às apostas online, através de sites especializados nisso, como o Betrally, Bettilt, RBD ou SuperApostas. Cada casa de aposta online tem a sua especialidade. Algumas são mais voltadas para desportos tradicionais, como ténis ou futebol (disparado em número de apostadores) até menos tradicionais, como hockey no gelo ou MMA. Os amantes dos Casinos também tem seu lugar especial nas casas de apostas online, onde podem acompanhar e apostar em Blackjack, roleta e demais modalidade, tudo no conforto dos seus lares, com odds muito mais favoráveis do que das tradicionais apostas.

Apesar de toda esta facilitada, visando exatamente atrair os apostadores para este novo método, há uma série de debates sobre a sua legalidade e a legislação e o governo Português com a mira em cima das casa de apostas online e sobre possibilidade de evasão de divisas ou demais crimes.

Entraves Legais

Em Setembro de 2015, o governo Português baixou um decreto que foi um balde de agua fria para os apostadores e os donos de casas de apostas online, bloqueando a operações destas. A maioria dos apostadores se restou bastante ansiosa e apreensiva diante da nova situação, e claro, com receio de proceder com as apostas e não conseguir realizar os levantamentos ou depositar e não poder utilizar os valores em suas carteiras online.

O governo foi duro, impondo multas pesadas àqueles que infringiam este bloqueio um contra ordenação leve, punível no amonte de € 2.500,00 por aposta. Tal pratica, por parte de pessoa singular, é sancionável. Apesar do Secretário de Turismo anunciar que a intenção não era “perseguir jogadores” é necessário ficar muito atento ao apostar em casas não legalizadas, em especial pela coima de valor exorbitante.

Neste período obscuro para os apostadores, muitos acabaram recorrendo a entidades em sítios da internet sem licenciamento. O que ocorreu já é de se imaginar. Vários não receberam os prêmios e bónus anunciados, assim como tiveram dados pessoais furtados e adulterados, constituindo grave violação à proteção dos dados particulares. A única maneira legal de apostar em Portugal se dava através dos jogos da Santa Casa, o Placard. Entretanto, esta opção não encontra muitos apostadores contentes, pois os odds são ridiculamente baixos se comparados as casas online com os quais já estavam habituados.

Muitas das casas de aposta, como o ocorrido na Turquia e Lativia, ao comunicadas do bloqueio, simplesmente mudaram o nome e o domínio que utilizavam, continuando a oferecer os seus serviços como se nada tivesse ocorrido. Boa parte dos apostadores recebeu com suspeita estas novas casas, porém, ao saber que a maior parte delas era parte de grandes grupos, o bloqueio imposto pelo governo acabou por não surtir os efeitos desejados em impedir o funcionamento deste tipo de instituição no país.

Esta manobra das casas de aposta foi um prato cheio para os defensores da proibição deste tipo de aposta, que alegavam a falta de seriedade e comprometimento destas empresas, que se valeram de brechas para continuar as suas operações. No meio de toda esta discurso o, finalmente os apostadores e as casa tiveram uma ótima notícia no final do ano de 2015, um verdadeiro presente de Papai Noel.

Regularização das Apostas

O Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos do Instituto do Turismo de Portugal, I.P, aprovou, com o decreto Decreto-Lei n.º 66/2015 o Regime Jurídico dos Jogos e Apostas online, que abrange as apostas em desportos. O Estado passará a conceder o direito a pessoas coletivas privadas, mediante licença a permissão para explorar comercial tal atividade. Porém, esta exploração depende da licença que somente é concedida caso todas as condições sejam preenchidas, além do sitio da internet ganhar a nomeação. pt.

Neste momento, o I.P. está apreciando a candidaturas de determinadas casas de aposta que aplicaram para a permissão legal. Neste ínterim, enquanto as devidas licenças não foram expedidas, as apostas em desportos no território de Portugal não são consideradas legais. Conforme as casa forem sendo licenciadas e sua permissão para exploração das apostas for concedida, o I.P. irá divulgar nos veículos de mídia.

A apreciação de candidaturas às licenças acima referidas está em curso, pelo que inexistem, neste momento, entidades licenciadas para a exploração de jogos e apostas online em território nacional. Assim, a prática de apostas desportivas online em Portugal não é, por agora, legal. O Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos do Instituto do Turismo de Portugal, I.P., divulgará as entidades que venham a ser licenciadas para a exploração de jogos e apostas online em território nacional.

Vale ressaltar que não foi aprovada a permissão para apostas cruzadas, onde os jogadores jogam um contra os outros. Apesar de muitas casas de apostas publicitarem em diversos sítios os seus serviços para Portugal e países da comunidade falante de Português, nenhuma casa de apostas está regulamentada. Algumas, como a 10Bet e a Betrally ainda aceitam cadastros destes apostadores, pois baseiam-se e licenças obtidas em outras jurisdições para a exploração do jogo online.

A escolha da casa de apostas

Se, mesmo após todas as informações sobre a atual polêmica quanto a liberação ou não das casas de apostas online em Portugal você continuar no desejo de curtir a excitação das apostas nos diversos sítios disponíveis, há uma série de aspectos que valem a pena ser observados para garantir a maior segurança e divertimento possíveis, sem esquecer dos eventuais lucros:

  1. Pesquise exaustivamente as diversas casas de apostas disponíveis no mercado. Muitas delas começaram a operara a pouco no mercado Português mas estão ativas em outros países a longos períodos. Muitas ainda são parte de um grupo maior, como é o caso da Betrally, que pertence ao forte e solido grupo 10Bet, com mais de 10 anos no mercado;
  2. Sempre dê preferência aos sítios que possuam suporte ao cliente em língua portuguesa, mesmo que você tenha domínio de outros idiomas. Isto quer dizer que, além de contar com suporte em sua língua nativa, provavelmente o site entende como funciona o sistema Português de aposta, assim como métodos de levantamentos e depósitos especiais para Portugal.
  3. Procure pelos bónus de novo cadastro. Todos os sites oferecem óptimos bónus, chegando até 350,00 EUR a depender do valor depositado. Nada te impede de criar contas em variados sites para usufruir destes bónus.
  4. Pesquise sobre os odds que cada casa de aposta oferece. Isto pode afetar dramaticamente a sua experiência nas apostas online, além de ser fator determinante para o lucro ou prejuízo.
  5. Alguns sites oferecem funcionalidades extras, como o Cashout, que permite a retirada de apostas ou a paralização daquele evento no momento que o apostador desejar. Outros sítios oferecem sistemas de fidelização, que garantem tanto bónus adicionais até troca por produtos e serviços.
  6. Aposte nos desportos em que você for forte e não naqueles que oferecem os melhores odds ou os melhores lucros. Forte significa em que você está por dentro das novidades, de quem são os ganhadores e perdedores, quais as principais ligas e campeonatos. Invencionemos não combina com apostas. Aposte nos desportos de seu conhecimento, que lhe são familiares e não necessariamente naqueles que estão em voga.
  7. Uma ótima ferramenta são os sítios de prognósticos, como o http://www.prognosticos.pt/. Eles funcionam como um fórum virtual, onde os apostadores podem colocar os seus prognósticos, seus palpites sobre cada desporto, que podem auxiliar os apostadores menos experientes a tomar ótimas decisões.

Segurança das Apostas Online

Como já dito ao longo deste artigo, é necessária uma pesquisa exaustiva antes de começar as suas apostas online. Apesar de toda a polêmica sobre a regularização das apostas em Portugal, de maneira geral, os sítios das grandes casas de aposta são sim, seguros. Há toda uma segurança com a encriptação das informações, quer de dados pessoais do usuários e principalmente relativo aos modos de deposito e levantamentos.

Vale salientar que, mesmo que os sítios sejam seguros e contem com os mais modernos sistemas de segurança visando garantir a melhor experiência para o usuário final, 100% livre de aborrecimentos, o seu computador ou dispositivo móvel também deve estar livre de vírus, cavalo de troia ou outros modos que os piratas da internet encontram para se infiltrar nos computadores.

Infelizmente é bastante comum o roubo de informações pessoais como nome, endereço e documentos para operações fraudulentas que lesam o apostador e, de maneira geral, a maioria delas e causada por defeitos de segurança no computador do usuário.

Manipulação de Resultados

Outra polemica envolvendo as apostas online em todo o mundo concerne as possíveis manipulações de resultados em diversos desportos, em especial futebol e ténis, que são os mais populares nas casas de apostas físicas e online. O escândalo da FIFA em 2015 que resultou na queda do Joseph Blatter é apenas a ponta do iceberg da corrupção que atinge os desportos e claro, o mercado de apostas não iria ficar ileso de acusações.

Muitos atribuem essa crescente corrupção nos desportos exatamente ao aumento e ao montante de dinheiro que corre no mercado de apostas, que acaba por “criar uma demanda” que facilita a corrupção para obtenção de lucros por parte dos dirigentes de clubes e time em todo o mundo, especialmente na Europa. A reportagem da BBC UK sobre a manipulação de resultados no ténis foi recebida por certo lado como uma bomba e com descrença por outro, pois os atletas envolvidos nestas fraudes (alguns eram membros do top-50 mundial) não obtiveram qualquer tipo de punição e continuam participando dos principais Grand Slams.

O que toda esta manipulação de resultados tem a ver, com você, apostador recreativo? Provavelmente afetara muito pouco a sua experiência, porem neste mercado informação nunca e demais. Ou seja, saiba exatamente onde estas pisando.


Comments are closed.

Back to Top ↑